Tramas de suspense e terror


O segundo encontro teve como tema ROTEIRO


Discutindo o significado do termo e os elementos que constroem essa parte tão importante para uma obra audiovisual, o professor Guilherme pediu que cada aluno descrevesse cenários e personagens, e que elaborasse uma "storyline".

A timidez não atrapalhou as narrativas e descrições dos participantes. Histórias criativas - não esqueceremos o protagonista que atravessou um rio em busca de sorvete -, "cult", dramáticas, novelescas e surpreendentes surgiram de cada roteiro.
Apesar de aconselhados a não "matar" todos os personagens de suas histórias, alguns alunos não se renderam ao ímpeto e colocaram tramas de suspense e terror.
Ainda assim, o que se viu mais foi - como já era de se esperar - o romance. Como pregava o mago e diretor de Hogwarts, Dumbledore: o amor sempre vai ser a força maior! 

Ao fim, percebemos o quanto cada roteiro foi pensado de uma maneira introspectiva e criativa, porém coletiva. Uma aula para se lembrar.



.

.